'Disjointed' | Comedia com Kathy Bates esquece de fazer rir

© 2019 Séries Favoritas. Todos os direitos reservados.

Contato: sfavoritas@gmail.com

Copyright: 2015 - 2019

SIGA-NOS

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Séries Favoritas YouTube
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn ícone social

'Disjointed' | Comedia com Kathy Bates esquece de fazer rir

27.08.2017

 

Aquelas piadas de quando alguém fuma maconha e fica louco e com fome. Elas não ficaram de fora de 'Disjointed', ou Desenrolados como ficou conhecida no Brasil, a nova série de comédia estrelada pela veternana do cinema e vencedora do Oscar, Kathy Bates. 

 

Em primeiro lugar, Kathy é uma atriz de primeira e as bem o papel dela de Ruth, dona de uma loja de canabis que vende a erva apenas para pessoas que têm como comprovar que precisam. Até aí, tudo bem. É possível tirar várias piadas daí. Mas a série não consegue. 

 

Apesar de Kathy desempenhar bem seu papel, o roteiro é chato e com piadas velhas, desgastadas. Muita coisa lembra os amigos de 'That 70's Show', onde o grupo fumava longe dos pais e criavam situações bem engraçadas. Naquela série conseguiram fazer sete temporadas sem mostrar uma única vez alguém fumando. Não que não se possa mostrar, mas evitaram colocar os atores fumando e criaram situações muito divertidas. 

 

Mas 'Disjointed' não consegue fazer a gente rir. Uma ou outra situação acaba fazendo rir, mas as piadas são bem sem graças e entediantes. No meio do primeiro episódio já dá vontade de parar.  

 

O enredo da história é bacana e deveria trazer muitas risadas. Chuck Lorre, o gênio por traz de 'The Big Bang Theory' e 'Two and a Half Men' criou esta série. Isso em nova casa, a Netflix, que parece dar mais liberdade criativa pra deus cineastas. Mas isso não é sinônimo de sucesso. 

 

'Fuller House' é exemplo disso. Era pra chegar fazendo sucesso. Ganhou mais uma temporada e até agora não consegui rir uma vez. Nesse caso, a nostalgia acaba sendo mais gostosa que a piada, mas na série de Kathy, não tem nem a nostalgia. 

 

Aliás, a dupla Kathy e Chuck trabalhou juntas em uma episódio de 'Two and a Half Men', em que ela incorporava o espírito de Charlie Sheen, expulso da série. A participação rendeu um Emmy pra Kathy e a parceria com o criador da Warner. Mas não sei se essa parceria vai durar muito. Preferia Kathy em 'American Horror Story'. 

 

Please reload