Crítica | 'Lady Bird' estreia no Brasil. E é um filme difícil de engolir

© 2019 Séries Favoritas. Todos os direitos reservados.

Contato: sfavoritas@gmail.com

Copyright: 2015 - 2020

SIGA-NOS

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Séries Favoritas YouTube
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn ícone social

Crítica | 'Lady Bird' estreia no Brasil. E é um filme difícil de engolir

14.02.2018

 

Saoirse Ronan e Laurie Metcalf interpretam mãe e filha em um filme que parecia ser bacana, mas simplesmente é uma chatice pura do início ao fim. O drama teve cinco indicações ao Oscar e eu não entendi até agora o porquê. A história é centrada na rotina comum de Christine McPherson (Ronan), uma jovem de 17 anos que cria para si mesma o nome Lady Bird. Ela lida com os dramas da chegada à vida adulta e se esforça para conseguir independência, enquanto sua mãe, Marion (Metcalf), tenta evitar que a filha se frustre.

 

O conflito entre as duas é algo bem interessante e é parte de uma relação turbulenta, mas ao mesmo tempo carinhosa entre as duas. Vale dizer, antes de mais nada, que as duas atrizes acabam se saindo muito bem em seus papeis, especialmente Metcalf, que vem da comédia. Ela faz parte do elenco de 'The Big Bang Theory' e segura bem o drama em ser uma mãe enérgica. Já Saoirse, que venceu o prêmio de melhor atriz no Globo de Ouro, também vai bem, apesar da personagem chata e "aborrecente" que irrita do início ao fim.

 

A relação entre elas é o ponto central, já que a personagem de Ronan quer sua independência já que não suporta a mãe, mas ao mesmo tempo a ama. O drama que deveria ser sensível, acaba tendo uma dinâmica rápida na tela, com o tempo passando de forma bem rápida e pouco eficiente, já que você não consegue ver bem o desenvolvimento das personagens.

 

Metcalf, que foi indicada a melhor atriz coadjuvante, acaba sendo desperdiçada ao longo do filme, enquanto a aborrecente chata desenvolve um personagem que acaba não sendo levada a lugar algum. Mas ela mostra um caráter forte e que não abaixa a cabeça mesmo em momentos em que ela sabe que está errada.

 

Desculpa se você assistiu e gostou, mas acredito que esse filme não tenha me acrescentado nada. A menina se acha especial demais, cria laços até interessantes no final, mas a personagem é muito irritante e o filme difícil de engolir.

 

Nota: 5,5

 

 

 

 

Please reload